quinta-feira, 23 de julho de 2009

UM ASSUSTADOR CASTIGO NA PISCINA.

















Naquele dia, ao chegarmos em um motel por volta do meio-dia, o DONO de mim disse-me que o castigo seria a permanência em imobilidade dentro da piscina vazia enquanto ELE almoçava. Pôs-me lá aberta e com as mãos algemadas às costas e começou a comer em uma mesa ao lado. Depois de alguns minutos a torneira foi aberta e a água começou a me cobrir. Debati-me e implorei pela SUA piedade até que, quando o rosto começava ser alcançado ELE desligou tudo. Passei alguns minutos descansando para me recuperar do susto enquanto via o sorriso DELE. E depois conscientizei-me da grande lição extraída daqueles momentos: o SENHOR de mim jamais danificaria permanentemente SEU brinquedo.

4 comentários:

  1. mais uma vez tambem parabenizo a voce por mais esta certeza que teve que nada ia lhe acontecer eu entraria em desespero

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário: